sábado, 16 de outubro de 2010

EMPENAÇÃO

DUAS FEMEAS ASAS CANELAS VERDES CINZAS(CINNAMON GREYGREEN)FILHOTAS DA MESMA IDADE COM EMPENAÇÃO COMPLETAMENTE DIFERENTES, A DA ESQUERDA TIPO "BLUSH", DESCENDENTE DE LINHAGEM COM DILUIDOS. AS DUAS EM MINHA OPINIÃO MUITO BOAS PORÉM BEM DIFERENTES.




11 comentários:

  1. Realmente Renato, possuem diferença visual, além é claro quando tocas pelas nossas mãos. Lembro que ano em novembro do ano passado vc fez essa observação na casa do Nadiomar, guardei essa informação començando observar em meus filhotes desse ano, constatando essa diferença equi em meu criadouro. Sendo assim a dita "BLUSH" nas fotos ai em cima e superior a outra fm.
    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  2. Olá Renato!
    Primeiramente, um show de fêmeas, parabéns!
    As duas são fantásticas, sem dúvida alguma.
    Mas, analisando as 02 fotos acima, gostei mais da 07-247-10 em seu conjunto, já a 07-229-10 possui na minha opinião uma máscara mais baixa e mais robusta que sua irmã, o que também é muito bom.
    As 02 serão com certeza bastante úteis para qualquer criador, pois, como se não bastasse a qualidade de penas de ambas as fêmeas, creio eu que por serem A CAN VD CZ, esta cor é bastante útil em qualquer criadouro no aprimoramento das cores.
    Bom, fico por aqui e adorei a postagem!
    Parabéns!
    AbraÇão!
    Luiz Américo.
    LAS.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Realmente Renato, duas aves muito boas.
    A diferença está na estrutura de pena, a 247 tem uma pena bem mais fofa e macia 'deixa de ser uma pena rígida, passando a ser mais macia e sedosa', ou em outras palavras "deixa de ser pena e passa a ser pluma"
    Gostaria de questionar se, além do fator diluído, a variedade canela interfere na estrutura da pena. Pois tenho aves canela de diferentes origens e percebo que elas possuem penas mais largas e fofas, ou seria coincidência? Peço que o Renato e o Fúlvio discorram sobre a interferência que exercem os fatores: (canela, cinzento e diluído) na estrutura e comprimento de pena.

    Grande abraço
    Glaucco Baldo
    Criadouro PSITTACUS.

    ResponderExcluir
  5. Ah, esuqeci de um fator, o de escurecimento. Então fica : CANELA, CINZA, DILUÍDO e ESCURO.

    ResponderExcluir
  6. nós sempre soubemos que o fator opalino alonga e o fator canela alarga as penas.Isto sempre foi dito pelos ingleses. Eu acho que o grande sucesso dos alemães esta baseado nos diluidos pois em minha opinião ele é que dá a pena BLUSH(sedosa).Em relação ao cinza e ao escuro na minha opinião a influencia maior está no tamanho do passaro, ainda não tenho uma opinião tão segura em relação aos cinzas e escuros.

    ResponderExcluir
  7. Oi, Amigos !
    Essas duas filhotas são muito diferentes em tudo, o que certamente decorra de agrupamentos distintos de genes morfológicos.
    É realmente fato que aves que apresentam determinadas mutações muitas vezes também apresentam algumas características peculiares.
    No entanto, eu particularmente, sou adepto da idéia de que tudo isso esteja relacionado ao tipo de seleção morfológica que foi feita sobre essas mutações no transcorrer de várias décadas, e que acaba se refletindo na hereditariedade dessas aves,assim como no caso dos cintilantes.
    Uma das razões para que eu pense dessa forma é pelo fato de que apenas algumas mutações promoverem efetivamente uma alteração estrutural na constituição das penas (na zona de névoa e na zona de reflexão ), restringindo assim o comprimento das ondas do espectro de luz que essas penas modificadas poderão absorver e refletir.
    Esses são os casos do "Fator Escuro", "Fator Cinza', "Fator Violeta" , "Antracite" e "Ardósias".
    Nas outras mutações as alterações se restingem basicamente à questão da pigmentação, como à "tipos de melanina" (Negra, Feomelanina), "Quantidade de Grânulos de Melanina" (Asas Cinzas, Asas Claras, Amarelos e esbranquiçados-diluídos), "Produção Plena, Inibição Parcial e Inibição Total de produção de Melanina" (Marcações normais,Arlequíneos,Cintilantes,CCT ,Inos e Fulvos) e "Produção Plena, Parcial ou Ausente de Pigmento Amarelo" (Verdes, Faces Amarelas I,II e GF, Azuis).
    É fato também que existem casos de "Ligação Cromossômica", como por exemplo entre o gene que promove o "Fator Escuro" e o gene que promove "Produção de Pigmento Amarelo" (Verdes,Faces amarelas e Azuis), o que faz com que o comportamento hereditário desses genes, quando recombinados, produzam resultados de cores em proporções diferentes das análises Mendelianas.
    Embora a ciência ainda não tenha identificado, é possível que também haja algum tipo de "Ligação Cromossõmica" entre genes morfológicos e algumas mutações específicas.
    Vale sempre lembrar que os genes morfológicos, diferentemente dos genes que determinam cores e desenhos de asas que tem ação isolada, atuam sempre em "conjunto", a partir de recombinações gênicas, e são eles quem determinam os aspectos relacionados à "Forma" do exemplar.
    O comportamento hereditário dos genes morfológicos, justamente em função do tipo de ação conjunta sob a qual estão submetidos, não podem ter a sua gereditariedade analisada segundo a ótica Mendeliana.
    Outra questão importante é que a Ciência se baseia em observação e registro para chegar às suas conclusões e, em sendo assim, jamais devemos desconsiderar as importantíssimas observações práticas relatadas por criadores com muita experiência e com alto nível de comprometimento como as do "Caboclo Renatão" ! kkk..
    Abração à todos !
    Fulvio.

    ResponderExcluir
  8. Grande Fulvio
    Nós temos que observar e reler a escrita do Fulvio, pois é esta busca pelo conhecimento que faz a diferença entre as pessoas.O Fulvio é inquieto e genial neste aspecto, posso garantir que em todas minhas andanças pelo mundo dos periquiteiros, raramente conheci pessoas que buscassem explicações e conhecimento.Principalmente entre estes grandes Europeus, na verdade eles não sabem, chutam, e não querem saber de ir a fundo nas questões. Digo isto porque sou médico , conheço e estudo genética e toda vez que os testava percebia o desconhecimento deles. Não na pratica, mas cientifica.
    Voltando aos levantamentos do Fulvio, quero lembrar que o gene é como um espermatozóide, cuja meta é preservar a raça, e para isto fará qualquer coisa. Quando estudamos genética temos que nos familiarizar com termos novos, como crossing over,loccus,recombinação,sequencia genetica,reduplicação, penetrancia,mutação etc...
    Acho que nossos conhecimentos são muito escaços em relação a tudo que ocorre, digo isto porque tenho acompanhado o trabalho de um sobrinho junto com a UNESP e a Universidade do Texas,no estudo de recuperação do sangue de um touro chamado Golias ,usando o genotipo.Muito promissor
    Foi feito um cd deste trabalho e eu o tenho, prometo mostra-lo a todos .

    ResponderExcluir
  9. Não é a toa que aqueles bichos aparecem lá no BudgerigART.
    Parabéns ao Renato e ao Fulvio pelas aulas.
    Valeu Renato por visitar meu blog. Aqueles filhotes que você comentou são filhos e-ou netos de bichos CRUPA.
    Abraço,

    ResponderExcluir
  10. Boa noite dr. Renato! Gostaria de agradecer sua visita a meu Blog e seu comentário, fiquei muito surpreso e feliz... Muito obrigado!
    Aproveito o ensejo para dizer que estou encantado com esse mundo dos Blogs, ele está me permitindo ter uma "aula diária" de conhecimentos e aprendizados que anteriormente eu só tinha uma vez ao ano quando ía à FOB, atualmente visito os Blog dos amigos periquiteiros pelo menos uma vez ao dia e me surpreendo cada vez mais com tamanha qualidade das aves e com o altíssimo nível técnico dos comentários! Nível esse, que tive a oportunidade de presenciar aqui em Maceió durante a abertura do nosso primeiro concurso em março/2010, onde Fúlvio brilhantemente nos presenteou com uma "aula show" que deixou a todos preplexos com profundo conhecimento técnico e extrema competência!
    Parabéns ao Fúlvio pela excelência de profissional e criador que se tornou ao longo dos anos e parabéns ao sr. por tudo que fez e faz pelos periquitos e por destacar e incentivar a leitura com atenção aos comentários pedagógicos do Blog...

    Forte Abraço... Odilon.

    ResponderExcluir
  11. Fala Uchoa!!
    Não preciso nem falar da sua criação. Show de bola. Anos de muito trabalho, parabens. Continuando até hoje!!! Estou a um ano no hobby e aprendendo com esses criadores blogueiros!!
    Grande abraço.
    Rafael

    ResponderExcluir